Ministério da Integração libera R$ 443 milhões para prevenção de enchentes.Minas fica de fora.

28/09/2011 22:26

Minas Gerais não está incluído entre os 7 estados que vão receber verba do Governo Federal para investimentos em obras de drenagem para reduzir a ocorrência de enchentes. Nesta quarta-feira (28), foi anunciada a liberação de R$ 443 milhões em recursos a serem distribuídos até 2013 para canalizar córregos, drenar canais, desassorear sistemas de drenagem e construir galerias pluviais e bocas de lobo, entre outras intervenções. Serão contemplados projetos no Rio de Janeiro, Pernambuco, Tocantins, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Roraima e Bahia.

Os investimentos são provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do orçamento do Ministério da Integração Nacional. De acordo com balanço divulgado pelo ministério, mais de 1,5 milhão de pessoas se beneficiarão com as obras.

O Rio de Janeiro vai receber R$ 92 milhões para a recuperação do sistema de drenagem na baixada campista, obra que vai beneficiar 390 mil pessoas. Em Pernambuco, o projeto de recuperação da Bacia do Rio Paratibe, na cidade de Paulista, na região metropolitana de Recife receberá investimentos. A bacia será drenada, beneficiando 100 mil pessoas. Salvador também ganhará reforços na prevenção de desastres.

No Sul, Santa Catarina é o estado com mais obras em planejamento, com nove no total, beneficiando mais de 130 mil pessoas. São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, também receberá investimentos para a melhoria e manutenção do sistema de prevenção contra enchentes na cidade.

Já na Região Norte, os investimentos vão para o estado de Roraima, com a macrodrenagem das bacias de Caxangá e Santa Tereza e também para a capital, Boa Vista.

AGÊNCIA BRASIL