Minas prorroga prazo de inscrição para mais de 21 mil vagas em educação

18/10/2011 19:31

Prorrogadas até o dia 29 de novembro as inscrições para o concurso público na área da educação para a rede estadual de ensino. Foi publicado no sábado (15), no Diário Oficial do Estado, um ato de retificação que altera o cronograma do concurso e os critérios de concorrência para um dos cargos. Com a nova redação, o cargo de Analista Educacional, nível 1, grau A, passa a aceitar, além de candidatos com diploma de graduação/bacharelado, também os que possuem o diploma de graduação tecnológica.

Para garantir a igualdade de condições, a minuta também reabre o período de isenção das inscrições para os candidatos com graduação tecnológica que concorrem ao cargo de Analista, nível 1, grau A. O interessado pode solicitar sua isenção entre os dias 17 e 21 de outubro. Neste cargo, o concurso oferece 378 vagas com lotação no órgão central da Secretaria ou em uma das 47 superintendências regionais de ensino do Estado.

Com a alteração no cronograma, a data das provas para todos os candidatos também foi adiada. A aplicação da prova objetiva passa a ser no dia 4 de março de 2012. As demais disposições que constam do edital do concurso permanecem inalteradas. 

Mais de 21 mil vagas
Serão oferecidas no concurso público 21.377 vagas, sendo que a maioria delas é para o cargo de Professor de Educação Básica (PEB). A remuneração mínima prevista em edital para o cargo de Professor de Educação Básica é de R$ 1.320,00 para uma jornada de trabalho de 24 horas semanais, no sistema de remuneração em valor único (subsídio).

O edital prevê 13.993 vagas para professor nas áreas de Arte, Biologia, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Estrangeira Moderna - Espanhol, Língua Estrangeira Moderna - Inglês, Língua Portuguesa, Matemática, Química, Sociologia e para atuação nos anos iniciais do ensino fundamental.

Além de professores da educação básica, o edital do concurso disponibiliza vagas para os cargos de Analista Educacional - ANE (378 vagas); Analista Educacional/Inspeção Escolar - ANE/IE (133 vagas); Especialista em Educação Básica - EEB (1.869 vagas); Assistente Técnico Educacional - ATE (603 vagas) e Assistente Técnico de Educação Básica - ATB (4.401 vagas). A jornada de trabalho e a remuneração para esses profissionais variam de acordo com o cargo, podendo chegar a R$3.300.

Inscrições
As inscrições devem ser feitas no site da Fundação Carlos Chagas, organizadora do concurso, por meio do site http://www.concursosfcc.com.br, até as 14h do dia 29 de novembro. O valor da inscrição varia de R$ 37,41 a R$ 47,41, de acordo com o cargo pretendido pelo candidato. Para o Professor de Educação Básica, por exemplo, o valor da inscrição é de R$ 47,41. No ato da inscrição, o interessado deve informar o município no qual pretende concorrer à vaga.

Provas
O concurso público será realizado em duas etapas. Na primeira, de caráter eliminatório e classificatório, o candidato fará prova objetiva. Já a segunda etapa, de caráter classificatório, será destinada a análise de títulos.

A prova objetiva será composta de 60 questões de múltipla escolha, sendo 20 de conhecimentos gerais e 40 de conhecimentos específicos, e a previsão é de que ela seja aplicada no dia 04 de março de 2012. As referências para estudo constam do anexo V do edital do concurso. Será considerado aprovado na primeira etapa do processo o candidato que obtiver o mínimo de 50% de acertos nas questões de conhecimentos gerais e 50% nas questões de conhecimentos específicos. As provas objetivas serão aplicadas em períodos distintos, de acordo com o cargo pretendido pelo candidato.

 

Fonte: Agência Minas