Fuzil alemão apreendido no Taquaral pode pertencer a quadrilha de BH

15/08/2011 20:16

A Polícia Militar acredita que um fuzil alemão, fabricado em Berlim, apreendido no povoado do Taquaral, no município de Itinga,  pode pertencer a uma quadrilha de Belo Horizonte.

 

O fuzil foi apreendido na casa de um aposentado de 80 anos onde estavam hospedados Charles Gomes da Silva, de 20 anos e Armando Gomes da Silva, 25. Além do fuzil, a polícia apreendeu um colete à prova de balas, duas tocas ninjas, 2 capuzes pretos  e 4 cartuchos para o fuzil. Os militares chegaram até aos elementos após uma denúncia anônima. Durante a apreensão, a avô de Charles, Maria José Silva Gomes, 72 anos, entregou uma garrucha calibre 32 que, segundo ela, pertencia ao seu falecido marido.

 

A polícia investiga uma informação de que os dois elementos presos  possam  pertencer a uma quadrilha em Belo Horizonte e que, após desentendimentos, tenham fugido para o Taquaral, onde reside a avó de Charles Gomes. O outro elemento, Armando Gomes, tem residência em Araçuaí, no bairro Juparaná e Charles, em Belo Horizonte, no bairro Paulo VI.  Armando já tem passagem pela polícia por uso de drogas e dano ao patrimônio público. Ele estava em liberdade condicional e por isto não foi libertado como seu comparsa, Charles Gomes que ganhou liberdade após pagamento de fiança.o foi libertado como seu comparsa, Charles Gomes que ganhou liberdade ap