Feira da Economia Popular Solidária é encerrada com sucesso em Araçuaí

22/09/2011 22:57

  Fotos: Josiel Alves

 Feira fez parte dos festejos dos 140 anos de Araçuaí

 

Foi encerrada na tarde de ontem , 22 de setembro, a Feira Regional da Economia Popular Solidária, realizada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Emprego (Sete). A feira que teve inicio na terça-feira 21, fez parte dos festejos dos 140 anos de Araçuaí , no Vale do Jequitinhonha e recebeu 60 empreendimentos de 22 municípios da região. “ Foi um sucesso”, disseram os artesãos que participaram

“Só temos que agradecer aos coordenadores do evento a oportunidade de mostrar nossos produtos e aprender mais, não só sobre a comercialização, mas também sobre outros artesanatos”, declarou  a artesã de Itinga, Maria Helena Moreira, membro do grupo Arte Solidária. Para ela, as feiras são importantes espaços para divulgar os produtos. “ É a segunda vez que participo”, disse ela.

A artesã Maria da Paixão, de Araçuaí, junto com Luiza Índia Aranã, fazem colares, pulseiras, anéis e maracás. Na confecção das peças elas usam penas, madeiras, sementes e coco. “ Estamos desaldeiados.Não temos terras e sobrevivemos do artesanato”, disseram. “ Meu marido trabalhava no corte de cana e agora está desempregado. Feiras como essa são boas porque agente pode vender mais”, afirmaram.

Para o presidente do Conselho Estadual da Economia Popular Solidária, Rodrigo Vieira, construir a Economia Solidária é participar ativamente do desenvolvimento do país. “O dinheiro circula no local e gera trabalho, emprego e renda para os municípios. Além disso, as feiras são importantes espaços de valorização da cultura regional”, afirma.

 O evento foi realizado na Praça do Fórum

 

De acordo com o secretário de Estado de Trabalho e Emprego, Carlos Pimenta, todos os empreendimentos participantes das feiras estão sendo cadastrados para a criação de centros permanentes de comercialização nos municípios e também para que sejam beneficiados com as políticas públicas da Economia Popular Solidária. “Estamos investindo na formação e assistência técnica aos empreendedores e no fomento à comercialização, além da liberação de crédito, com menores taxas e baixa tributação dos produtos. Para aumentar a visibilidade, vamos ainda criar um site com um catálogo completo de todos os artigos comercializados em todas as feiras que realizarmos”, destaca.

“ Temos de mostrar à população que estas pessoas existem e fabricam artesanato de primeira qualidade

A Feira Regional de Araçuaí  foi realizada na Praça do Fórum,. No local   funcionou também uma unidade móvel do Sine-MG  para emitir Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS). O serviço  foi gratuito e o trabalhador precisou  levar apenas o documento de identidade, CPF e comprovante de residência.

  A Feira Solidária recebeu empreendimentos de 22 municípios do Vale do Jequitinhonha, com destaque para o artesanato