Coronel Murta e mais 15 municípios do Norte de Minas serão beneficiados com Ginástica para todos

16/09/2011 19:13

 

  Centro de Coronel Murta

 

 

Contemplando um total de 119 municípios, dos quais 16 localizados na região do Grande Norte – Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Norte de Minas, o Governo do Estado lança na próxima terça-feira, 20, em Belo Horizonte, o Projeto Ginástica para Todos. A iniciativa objetiva criar oportunidades para a população praticar atividades físicas e de lazer orientadas em espaços públicos. Da região do Grande Norte as prefeituras que assinarão convênios com o Governo do Estado são: Claro dos Poções, Coração de Jesus, Coronel Murta, Datas, Diamantina, Grão Mogol, Ibiaí, Icaraí de Minas, Itamarandiba, Manhuaçu, Morada Nova de Minas, Pintópolis, Rubim, Salinas, São João da Ponte e Ubaí.

O investimento que o Governo do Estado está fazendo nesta nova etapa do programa é superior a R$ 2,2 milhões. Ao todo serão entregues 124 conjuntos de equipamentos. Sabará, Uberaba e Muriaé receberão dois conjuntos e Belo Horizonte receberá três. Cada conjunto custa R$ 16,8 mil e contém oito equipamentos para prática de diferentes exercícios. Noventa e cinco municípios receberão dois equipamentos específicos para uso por parte de deficientes físicos.

Através da implementação do Projeto coordenado pela Federação Mineira de Ginástica, a média é de cinco mil atendimentos mensais nas praças de esportes. O Governo, através da Secretaria de Estado de Esportes e Juventude – (SEEJ) repassa aos municípios os equipamentos e uma placa que explica como utilizá-los. Às prefeituras cabe, em contrapartida, a contratação de profissionais para a orientação da prática esportiva.

Cada conjunto conta com um multi-exercitador conjugado de seis funções; simulador de caminhada; esqui duplo conjugado; remada sentada; aparelho de pressão de pernas/coxas; simulador de cavalgada; simulador diagonal (aparelho duplo). Dos 119 municípios incluídos nesta nova etapa do Projeto, 95 receberão dois equipamentos extras: um aparelho de desenvolvimento e uma remada especifica para uso por parte de deficientes físicos.

A implantação do Projeto é similar ao Programa Minas Olímpica Saúde na Praça, que também foi proposto pela Federação Mineira de Ginástica. Em 2010, mais de 82,5 mil pessoas foram beneficiadas pelo Programa, em 109 municípios. Entre 2008 e 2010 o Projeto recebeu cerca de R$ 15 milhões de investimentos.

 

Fonte:  Assessoria de Comunicação do Governo de Minas