Acidente mata motorista de Araçuaí no Espírito Santo

31/07/2011 17:27

Carro ficou parcialmente destruido

 

Foi sepultado em Araçuaí no dia 26 de julho, o corpo do motorista José Java Pereira dos Santos, 67 anos, popularmente conhecido por Dunga. Por ironia do destino, ele morreu no dia  25 de julho, dia do Motorista na BR-130, próximo à cidade capixaba de São Mateus, para onde foi levado, já sem vida.

“ Era meu braço direito aqui na minha empresa”, lamentou o filho Rogério Vieira, 35, dono do Socorro Araçuaí, lembrando que o pai era um experiente motorista. “ Ele já tinha rodado parte deste país. Foi motorista do DER (Departamento de Estradas e Rodagens) e do extinto DAE ( Departamento de Águas e Energia de MG).”, lembrou Rogério.  Ele contou que por volta das 21:30 hs pediu o pai para levar quatro pessoas evangélicas até a cidade de Conceição da Barra, no Espírito Santo, num automóvel Fiat Doblô Adventure. “ Ele foi conversando normalmente com os passageiros até a cidade de Pinheiros. Eu ligava constantemente para ele. Pedia para parar, tomar um café. Era assim toda viagem. Porém, por volta das 5 horas da manhã ele deu uma cochilada e passou para a pista contrária, batendo de frente com um ônibus clandestino que transportava plantadores de eucalipto”, contou o filho.

José Java chegou a ser transferido pelo Corpo de Bombeiros para o hospital de São Mateus, mas já estava morto. Os passageiros nada sofreram. “ A batida foi exatamente do lado do motorista”, informou Rogério Vieira.